Discurso de abertura da exposição de fotos da Primeira Oficina Inclusiva de Fotografia do Senado Federal.

04.04.2017

Senhor Presidente,

Senhoras e Senhores Senadores.


Entre os dias 5 e 9 de dezembro de 2016 ocorreu a 10ª Semana de Valorização da Pessoa com Deficiência do Senado Federal.

Na ocasião aconteceu a 1ª Oficina de Fotografia Inclusiva do Senado Federal. O resultado dessa oficina a presente mostra que temos a honra de abrir no dia de hoje, e que vai até o próximo dia 13.


Aqui estão fotografias de pessoas com deficiência visual, deficiência física, com síndrome de Down, e pessoas sem deficiência alguma, funcionários do Senado e da Câmara.


Estamos acostumados a entender fotografia como algo ligado ao sentido da visão... 


Mas quem foi que disse que a experiência com as imagens precisa ser exclusivamente visual? 


Elas se constroem na mente e não são apenas captadas pelos olhos físicos, mas elas vêm principalmente dos olhos da alma.


Perceber as imagens é uma aventura da memória, da imaginação e dos vários sentidos do corpo.


Eu estou mais do que sensibilizado, estou surpreso, impressionado com a simplicidade e com a ousadia de todos. 


Desconstruir a ligação que fazemos entre fotografia e o sentido da visão é mais uma quebra de paradigma, esta exposição mostra isso.


Meus amigos e minhas amigas,

Temos diante de nossos olhos uma verdadeira lição de vida. 


Meus parabéns a todos que fizeram parte desse trabalho inspirador, porque não dizer mágico. 


Eu considero essa oficina e essa exposição um verdadeiro mergulho na beleza íntima de cada um de vocês.


Quero deixar meus elogios ao trabalho desenvolvido pelo núcleo de coordenação de ações sócio ambientais e ...


... em especial ao programa Senado inclusivo que organizou a oficina e essa mostra. 


Passo agora a ler a lista de participantes da oficina... 


FOTÓGRAFOS:


Jacob Souza (Revisor em Braille – Gráfica do Senado, cego)

Karina Braga (Revisora em Braille - Gráfica do Senado, cega)

Vera Santos (Revisora em Braille – Gráfica do Senado, cega)

Luciano Campos (Assessor – Gabinete senador Paim, cego)

Reinaldo Cavalcanti (Assessor, mobilidade reduzida)

Vitória Fortes (Estudante, Síndrome de Down)


Fotógrafos instrutores:


Cláudio Cunha, Daliane Silvério, Fernando Bezerra, João Rios, Mariana Teixeira, Pillar Pedreira, Stela Moura e Wagner Teixeira. 


Texto de apresentação da exposição: Pérsio Henrique Barroso.


Descrição das fotografias: Eliane Ferreira, Francis Monzo e Luciano Campos.


Revisão da Audiodescrição: Kleymara Kopavnick  e Janailton Mick.


Narração: Danielle Abud.



Meus amigos e minhas amigas,


Eu costumo terminar minhas falas com algum pequeno poema. Hoje não poderia ser diferente:


IMAGEM E POESIA 


Imagem e poesia

Fotografia

Beleza que só pela alma 

Pode se ver

Olhar coisas do dia a dia

E perceber além da superfície das imagens

Ir aonde somente seu pensamento 

É capaz de ir

E descobrir na simplicidade dos momentos

A eternidade daquilo que não podemos deixar para trás

Algo que se assemelha a uma centelha 

Ao mesmo tempo divina e humana.


Era o que tinha a dizer,

4 de abril de 2017.

Senador Paulo Paim. 





 


Compartilhe nas redes sociais: