Registro sobre o relatório da CPI da Previdência

06.11.2017

Senador Paulo Paim (PT/RS)
paulopaim@senador.leg.br

Senhor Presidente,
Senhoras e Senhores Senadores.

Na sexta-feira passada, eu e o senador Hélio José, falamos aqui da tribuna do Senado sobre o relatório da CPI da Previdência. Ele como relator, e eu como presidente da Comissão.

Repito aqui o que apontou o relatório: não há déficit na Previdência, diferentemente do que apregoa o governo. Na realidade o governo faz terrorismo com propaganda enganosa para amedrontar a nossa gente.  
 
Senhor Presidente, 

A repercussão das nossas falas foi enorme. Somente no meu twitter a visualização das publicações ultrapassou a casa dos 70 mil.

A CPI comprovou que nos últimos 20 anos o superávit da Previdência não baixou dos 50 bilhões de reais ao ano. 

Neste mesmo espaço de tempo, deixaram de entrar nos cofres da Previdência mais de 2 

trilhões de reais, devido a sonegações, desvios e dívidas. 

Segundo alguns especialistas, caso fossem cobrados juros e correções desse montante todo, esse valor hoje estaria na faixa dos 7 trilhões de reais.

Aliás, 7 trilhões que poderia estar compondo hoje um fundo da Previdência Social, ajudando milhões de brasileiros, trabalhadores, aposentados. 

O relatório deixou claro que não há interesse do governo em fazer o dever de casa. Isso está tão evidente que ele está insistindo com a reforma. 

E por que o governo insiste e insiste com a tal reforma? Já que a sociedade já abriu os olhos e compreende que ela vem para prejudicar?

A reforma só interessa aos tubarões do sistema financeiro, aos bancos e as empresas privadas de previdência. Portanto, o jogo está bem visível para os nossos olhos.  

Vários dos meus seguidores no twitter me perguntaram por que os grandes veículos de comunicação do país não divulgam o relatório. Ora, ora, muitos são grandes devedores. 

O governo Temer tem que assumir a responsabilidade e cobrar dos sonegadores e 

ladrões da Previdência... ou ele está no mesmo barco?

Não tenho nenhuma dúvida que querem calar a voz da CPI da Previdência. Mas não vão conseguir. Nós estamos fazendo um trabalho de formiga....

... disponibilizando o relatório nas redes sociais, enviando via wattsap, discursando aqui nesta tribuna todos os dias. A sociedade tem que se apropriar desse relatório, ...

... por isso eu faço um apelo a todos que estão assistindo a TV Senado, ouvindo a rádio Senado, se informando pela Agência Senado: nos ajudem a divulgar o relatório da CPI, e o 

mais importante, que a Previdência não tem déficit. 

Mas, Senhoras e Senhores, 

A CPI da Previdência não só apontou que não há déficit. Ela também está sugerindo ações para a melhoria da gestão.

... como a extinção da DRU, compensação em relação aos benefícios fiscais, revisão do benefício de prescrição de 5 anos (passando ser igual a carência de 15 anos), ...

... alteração e ampliação do teto para que haja mais contribuição e assim aumentando o caixa, ...

... revisão das anistias e parcelamentos de crédito, revisão do modelo atuarial para ter clareza das receitas e despesas (o governo manipula os números), auditoria da dívida pública, e, melhorias na fiscalização. 

A CPI da Previdência mostrou porque veio. Muitos não acreditavam, mas ela chegou ao fim. A verdade foi decifrada.  

Era o que tinha a dizer,

Sala das Sessões, 6 de novembro de 2017.

Senador Paulo Paim. 
Compartilhe nas redes sociais: