Fechamento de fábricas no Rio Grande do Sul

01.07.2019

Senador Paulo Paim (PT/RS)
paulopaim@senador.leg.br

Senhor Presidente,
Senhoras e Senhores Senadores.

A situação do desemprego no Rio Grande do Sul não está nada fácil. É assustador. Segue a tendência nacional. 

A Duratex está fechando sua fábrica em São Leopoldo, no Vale do Sinos. A unidade produz louças sanitárias. 

São cerca de 500 funcionários diretos que estão sendo desligados. A justificativa da empresa, segundo os trabalhadores, ...

...  é a de que as vendas estão em baixa e há a necessidade de redução de custo da Duratex. 

Outra fábrica que está fechando é a unidade da Nestle de Palmeira das Missões: 18 demissões. A operação da unidade já vinha sendo reduzida. Chegou a ter 70 funcionários. Segundo a empresa, esse trabalho será absorvido pela unidade de Carazinho. 

Quando ela foi inaugurada, em 2006, a promessa era que ficasse entre as cinco maiores do país em processamento de leite. 

O investimento anunciado na ocasião foi de R$ 70 milhões e geração de 500 empregos diretos. A inauguração da fábrica ocorreu em 2008. 

Infelizmente, essa situação, de fechamento de empresas se repete em praticamente todo o país. A crise é enorme, o desemprego maior ainda. 

Era o que tinha a dizer,
Sala das Sessões, 01 de junho de 2019.
Senador Paulo Paim. 
Compartilhe nas redes sociais: