Primárias/eleições na Argentina

12.08.2019

Senador Paulo Paim (PT/RS)
paulopaim@senador.leg.br

Senhor Presidente,
Senhoras e Senhores Senadores.

O atual governo da Argentina sofreu, como a imprensa internacional está dizendo, uma enorme derrota nas eleições primárias, ocorridas no domingo. 

Essas eleições funcionam como uma prévia da disputa presidencial de 27 de outubro.

Os números foram os seguintes: ...

Frente de Todos – Alberto Fernandes e Cristina: 47,01%;

Juntos Por El Câmbio - Maurício Macri e Picheto: 32,66%. 

Isso chama-se exercício da democracia e da liberdade. Elas são os únicos remédios para solucionar problemas e crises. 

A democracia e a liberdade resultam em caminhos a serem caminhados, ...

... em dignidade, em respeito aos direitos humanos e as instituições da sociedade. 

O caminhar para trás é qualidade dos que pregam a discórdia, o fim da estrutura política e social, ...

... de governos despóticos, onde o poder está acima da razão.   

Parabéns ao povo argentino. Viva a democracia! Como dizia o poeta e cantador argentino Atahulpa Yupanqui, “ Eu tenho tantos irmãos que não posso contar, e uma irmã muito bonita, que se chama liberdade”.

Era o que tinha a dizer,
Sala das Sessões, 12 de agosto de 2019.
Senador Paulo Paim. 

Compartilhe nas redes sociais: