Crise do setor naval será discutida na CDH Notícia postada em 20.04.2017

A Comissão de Direitos Humanos aprovou requerimento do senador Paim com o objetivo de discutir a crise do setor naval brasileiro. Vários polos estão sendo desacelerados ou suspensos. Paim disse que o polo de Rio Grande (RS) já empregou cerca de 24 mil trabalhadores. “Hoje são três mil”.

De acordo com ele, a Petrobras não tem mais interesse na construção de navios no país, pois seria mais barato encomendar no exterior. No seu entender, a política de estatal é um equívoco, que prejudica o emprego e interesses de longo prazo do Brasil.

 

INSS

Outro requerimento aprovado de autoria do senador Paim propõe a discussão dos critérios que o INSS tem adotado para suspender afastamentos de segurados que, por motivos de saúde, estão em gozo de licença por incapacitação temporária.

Paim salientou que os segurados estão se queixando de injustiças. Ele também questionou o pagamento, aos peritos, de bônus de produtividade com base nas licenças suspensas, como previsto em medida provisória em análise no Congresso.

As datas e a lista de convidados das audiências públicas serão divulgadas na próxima semana.

Compartilhe nas redes sociais: