ANFIP debate Previdência em evento do Sindilegis Notícia postada em 07.09.2017


O presidente da ANFIP, Floriano Martins de Sá Neto, debateu nesta quarta-feira (6) o sistema previdenciário no 1º Fórum Sindilegis em Debate, com o tema “Previdência dos Servidores Públicos: Mudanças e Perspectivas”. O encontro foi idealizado após surgirem muitas dúvidas entre os servidores do Senado, da Câmara e do Tribunal de Contas da União (TCU) quanto à Previdência Social e quanto à Funpresp (Fundação de Previdência Complementar dos Servidores).  

Sá Neto participou do painel “Previdência Social no Brasil – perspectivas”, que teve mediação do presidente do Sindilegis, Petrus Elesbão Lima da Silva, com participação do senador Hélio José (PMDB/DF) e apresentação do consultor do Senado Pedro Nery.

O presidente da ANFIP falou sobre a estrutura constitucional na qual a Previdência está inserida, que é a Seguridade Social, formada ainda por Saúde e Assistência Social, que, juntas, configuram a forma com que o sistema deve ser analisado. O dirigente criticou a PEC 287/16, da reforma da Previdência, especialmente por penalizar somente os trabalhadores.

“Não vemos nada de concreto para trazer receitas. A gente vê o contrário, são mais perdões ao empresariado, que demonstram o jogo de forças que temos hoje”, lamentou ao enumerar todos os desvios praticados no orçamento da Seguridade Social, entre eles a Desvinculação das Receitas da União (DRU), desonerações e incentivos fiscais.

Corroborando com a observação do presidente da ANFIP, o senador Hélio José, que também é servidor público, alertou sobre a importância de se ter no Congresso Nacional parlamentares que possam defender os direitos dessa categoria.  “Os interesses dos servidores não estão sendo representados no Senado”, destacou ao observar que a bancada é predominantemente formada por empresários.

O evento foi transmitido ao vivo pelo Interlegis, que disponibilizará o material em sua página na internet (www.interlegis.leg.br/institucional/videos). 

Fonte: ANFIP
Compartilhe nas redes sociais: