Questões trabalhistas podem ser decididas por convenções internacionais, diz juíza Notícia postada em 11.09.2017


Os juízes do trabalho podem decidir pendências entre patrões e empregados com base na interpretação das convenções internacionais.

A opinião foi apresentada por uma ministra do Tribunal Superior do Trabalho durante audiência pública do Senado.

O senador Paulo Paim (PT–RS) criticou o presidente da República, Michel Temer, por não ter vetado nenhum artigo da nova lei.

Ouça os detalhes no áudio do repórter da Rádio Senado, Floriano Filho.

Compartilhe nas redes sociais: