CDH debate proventos integrais para aposentados por invalidez Notícia postada em 04.10.2018
A Comissão de Direitos Humanos (CDH) retoma na terça-feira (9) seus trabalhos após o período eleitoral. A pedido do senador Paulo Paim (PT-RS), a audiência pública discutirá a PEC 56/2014 e as aposentadorias por invalidez. A PEC está pronta para deliberação no Plenário, onde inclusive, já passou por uma discussão em primeiro turno.

A proposta concede proventos integrais ao servidor que ingressou no serviço público até 2003, e for aposentado por invalidez permanente, independentemente da circunstância que motivou a aposentadoria.

Hoje, a Constituição impõe limites na concessão de proventos integrais para servidores aposentados por invalidez permanente. O benefício vale só pra quem ingressou no serviço público até a publicação da Emenda Constitucional 41 e se aposentar nas seguintes condições: ficar inválido por acidente ocorrido em serviço ou contrair moléstia profissional ou doença grave, contagiosa ou incurável. Se outros fatores motivarem a aposentadoria por invalidez, os proventos serão proporcionais ao tempo de serviço.

Caso a PEC 56/2014 seja aprovada, as aposentadorias por invalidez permanente já concedidas deverão ser recalculadas. E se a aprovação acontecer sem alterar o texto que veio da Câmara, então a proposta estará pronta para ser promulgada.

Participarão da audiência, Márcio Costa, Diretor Financeiro da Pública – Central do Servidor; Vinicius Barile Ferreira, Vice-Presidente de Assuntos Parlamentares e Relações Institucionais da Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental - ANESP; Rudinei Marques, Presidente do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado - FONACATE; Paulo Penteado, Assessor Especial da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público - CONAMP; Celso Malhani de Souza, Diretor de Aposentados e Pensionistas da Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital - FENAFISCO; Larissa Benevides Gadelha Campos, Assessora Jurídica do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado - FONACATE e José Antônio Milet Freitas, Coordenador do Grupo Vítimas da Invalidez - GVI.

Perguntas de internautas
Internautas que queiram enviar perguntas ou comentários à audiência já podem fazê-lo através do portal e-Cidadania (www.senado.leg.br/ecidadania), ou por meio de ligação gratuita ao Alô Senado (0800-612211).

COMO ACOMPANHAR E PARTICIPAR
Participe: 
http://bit.ly/audienciainterativa

Portal e-Cidadania:
senado.leg.br/ecidadania

Alô Senado (0800-612211) 

Agência Senado 
Compartilhe nas redes sociais: