CDH vai debater a crise na cultura e do setor hospitalar brasileiro Notícia postada em 10.10.2018


Na retomada das votações após o processo eleitoral em 1º turno, a Comissão de Direitos Humanos e Participação Legislativa (CDH) aprovou a realização de seis novas audiências públicas, cujas datas ainda serão definidas. Todas as audiências foram requeridas pelo vice-presidente do colegiado, senador Paulo Paim (PT-RS).

Um dos temas que deverá ser tratado é a crise que se abate sobre o setor cultural brasileiro. Paim revelou que foi procurado recentemente por uma comissão de artistas e trabalhadores deste setor, que pediram que a CDH se debruçasse mais sobre o assunto, reunindo especialistas e autoridades governamentais.

Outro tema demandado diretamente pela sociedade, segundo o senador, é a crise do setor hospitalar brasileiro, que também deverá contar com gestores e profissionais da área.

Entre os temas aprovados, também estão a política de contratação aplicada no país para os jovens aprendizes, a judicialização contra o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), a importância dos fóruns da sociedade civil visando a mobilização dos idosos e as políticas públicas voltadas às faculdades comunitárias.

— No que se refere às políticas voltadas aos jovens aprendizes, me recordo sempre que a existência delas mudou minha vida. Um dia eu fui um jovem aprendiz, há muitas décadas atrás, e tinha metade da minha bolsa coberta. É este tipo de política que precisamos fortalecer hoje, facilitando a inclusão de milhões de jovens no mercado de trabalho, em conjunto com a formação técnica e educacional — explicou.

Agência Senado 
Compartilhe nas redes sociais: