Paulo Paim critica aumento de salários dos ministros do STF Notícia postada em 07.11.2018


O senador Paulo Paim (PT-RS) considerou inaceitável que se pretenda aumentar para quase 40 mil reais os salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal e da Procuradora-Geral da República, o que significaria um aumento do teto salarial não só para o Poder Judiciário, mas também para senadores e deputados e altos funcionários do Executivo e do Legislativo.

Em discurso no Plenário nesta quarta-feira (7), Paim disse achar absurdo que se queira levar a votação esse tipo de matéria quando tanto se fala que o país está em crise e se discute uma reforma na previdência que deve prejudicar a população e especialmente os idosos.

— Votarei contra, votarei contra com muita tranquilidade, com muita coerência e com muita consciência, se essa proposta for colocada aqui em votação - declarou.

Agência Senado 
Compartilhe nas redes sociais: