12ª Semana da Pessoa com Deficiência tem sensibilização e conscientização Notícia postada em 30.11.2018


O Núcleo de Coordenação de Ações Socioambientais (NCas) promove entre 3 e 14 de dezembro a 12ª Semana de Valorização da Pessoa com Deficiência, com uma série de atividades, cujo objetivo é debater os principais obstáculos ao desenvolvimento desse grupo populacional, de modo a assegurar seu espaço social e educacional. O evento está em sintonia com o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, celebrado em 3 de dezembro e instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1992. Desde então, diversas ações buscam estimular uma reflexão sobre seus direitos.

— A ideia principal é integrar, debater e trazer a inclusão para dentro e também para fora do Senado. Muitas atividades envolvem escolas e também estão voltadas para o público interno — enfatiza Karin Kassmayer, coordenadora do NCas.

Atividades

As diversas oficinas, palestras e debates programados para a semana atendem a pessoas com diversos tipos de deficiência, visual, auditiva e cadeirantes, além de contemplar familiares, educadores e políticos para discutir temas correlatos.

Educação ambiental e “horta de cheiro”

Na terça-feira (4), na Escola Classe 113 Norte, o NCas fará a Ação de Sensibilização e Educação Ambiental, na qual serão apresentados conceitos de acessibilidade e educação ambiental. O evento será realizado pela manhã, de 10h30 às 11h30, e à tarde, de 14h às 15h30. Karin disse se tratar de uma escola inclusiva, que trabalha com crianças com diversos tipos de deficiência.

Também voltada para a educação ambiental, a Oficina “Horta de Cheiro” será oferecida pelo Viveiro do Senado aos alunos do Centro de Ensino Médio Setor Leste no dia 5, de 9h às 11h30.

— Queremos fortalecer o Viveiro como espaço de educação ambiental — declarou Karin, que anunciou para 2019 o Plano de Educação Ambiental, em que o Viveiro passará a funcionar como centro de educação ambiental.

Cão-Guia de Cegos

Um encontro entre os integrantes do Projeto Cão-Guia de Cegos do Distrito Federal e o senador Paulo Paim (PT-RS) está agendado também para o dia 4, às 16h, no Senado. Eles farão uma visita às dependências da Casa acompanhados de uma pessoa com deficiência visual.

— Uma visita ao Senado com cão-guia nunca foi feita. Queremos conscientizar a todos da importância do cão-guia, desde o pessoal de portaria e segurança — propôs a coordenadora.

A Mulher e o Autismo

"A Mulher: autismo e situações neurobiológicas. Impacto social e estratégias de superação"é o tema da palestra que será realizada na quarta-feira (5) no Auditório Antônio Carlos Magalhães no Interlegis, às 14h, como parte da Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher. O evento é uma iniciativa conjunta da Procuradoria Especial da Mulher do Senado e da Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados.

Visitação em Libras

Alunos surdos da Escola Bilíngue Libras Português Escrito, de Taguatinga, farão um tour institucional em Libras, com início no Salão Negro do Congresso Nacional às 14h da quinta-feira (6). A visitação, segundo Karin, está voltada para alunos do ensino médio que, avalia, têm noções do que é Estado e democracia.

—Estivemos lá. Os professores desenvolvem material didático próprio. Para lá são enviados alunos com deficiência auditiva de todo o Distrito Federal — observou a coordenadora do NCas.

Coral e mesa redonda

Com repertório de músicas regionais brasileiras, o Coral DV Waldir Azevedo, primeiro coral de deficientes visuais do DF, apresenta-se no Auditório Antônio Carlos Magalhães no Interlegis, na sexta-feira (7) das 15h às 15h30.  Na sequência, no mesmo local, ocorre a Mesa Redonda Vivências de Pais, Mães e Educadores de Pessoas com Deficiência. São dois painéis: o primeiro, de 15h30 às 16h30, intitulado Pais e Mães: criar, educar e trabalhar - conciliando as agendas, com pais de pessoas com deficiência do Senado; o segundo, de 17h às 18h, com educadores do DF, Educadores: desafios para a educação inclusiva, e mediação de Pérsio Barroso, chefe do Serviço de Análise e Produção de Informações Legislativas e pai de Gabriel Barroso, que é autista. As inscrições podem ser feitas no site do Interlegis.

Oficina de fotografia

A 3ª Oficina de Fotografia Inclusiva do Senado Federal ocorre nos dias 12, 13 e 14 de dezembro, das 14h às 17h, na Sala 5 do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB). A atividade destina-se a pessoas com e sem deficiência. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail: acessibilidade@senado.leg.br

Intranet Senado 
Compartilhe nas redes sociais: