Reforma da Previdência prejudica trabalhadoras rurais, dizem especialistas na CDH Notícia postada em 11.03.2019


Idade mínima de 60 anos para aposentadoria da trabalhadora rural, exigência de piso anual de contribuições previdenciárias e carência de 20 anos de contribuição foram alguns pontos da PEC 6/2019, da Reforma da Previdência, que foram criticados durante audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH), solicitada pelo senador Paulo Paim (PT-RS). A situação das mulheres teve destaque no debate.

A reportagem é de Marcela Diniz, da Rádio Senado. Ouça o áudio com mais informações.
Compartilhe nas redes sociais: