Paulo Paim pede mais solidariedade e menos discurso de ódio nas redes sociais Notícia postada em 15.03.2019
O senador Paulo Paim (PT-RS) usou a tribuna nesta sexta-feira (15) para protestar contra o discurso de ódio que tem se propagado por meio das redes sociais. O parlamentar pediu que os usuários não compartilhem informações violentas e discriminatórias, porque elas redundam em tragédias. O mundo precisa de mais solidariedade e menos intolerância, opinou.

O parlamentar afirmou estar chocado com a transmissão ao vivo do ataque simultâneo contra duas mesquitas na Nova Zelândia, que deixou 49 mortos e 48 feridos. Para Paim, essa ação pode incentivar outros atentados semelhantes.

— Um dos assassinos tinha uma câmera instalada no capacete e fazia questão de que o mundo visse que ele estava matando pessoas. Senhores, o mundo precisa de tolerância, as pessoas precisam compreender que aceitar as diferenças é virtude de quem aceita, não é defeito — disse.

Agência Senado
Compartilhe nas redes sociais: