Paim se preocupa com demora na concessão de benefícios pelo INSS Notícia postada em 01.07.2019


O senador Paulo Paim (PT-RS) mostrou-se preocupado nesta segunda-feira (1), em Plenário, com a demora na concessão de benefícios pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Para ele, um dos motivos para tanto atraso é a falta de pessoal.

Ele citou reportagens do Jornal Zero Hora e o site BBC Brasil. No Rio Grande do Sul, 73 mil gaúchos aguardam há mais de 45 dias a carta de concessão de benefícios para se aposentar por idade ou por tempo de contribuição. Esse prazo, de acordo com o senador, ultrapassa o fixado pela Justiça para esses casos.

Segundo Paim, em âmbito nacional, dos 2,2 milhões pedidos para concessão de benefícios junto ao INSS, 1,4 milhão estão com análise em atraso. Ele disse que a situação tende a piorar, porque o governo anunciou que não fará concurso público para preencher as vagas no órgão nos próximos anos.

— Aí eu me ligo já na famosa Emenda [Constitucional] 95 {de 2016, a Ementa do Teto de Gastos]. Nós alertávamos que, se fosse aprovada, iria congelar todos os investimentos, mesmo para contratação de pessoal — disse.

Agência Senado 

Compartilhe nas redes sociais: